Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estou só a dizer coisas ...

um espaço para a reflexão e partilha ...

Estou só a dizer coisas ...

um espaço para a reflexão e partilha ...

a guerra de Putin

Tri, 25.02.22

O impensável aconteceu, em pleno 2022, estamos ainda a sair de uma pandemia mundial para presenciar e socorrer uma guerra.ucrania.PNG

Eu não sou entendida em política internacional, mas tenho algum discernimento e capacidade crítica e, parece-me, que os sinais já foram dados há muito e se foram ignorando e, parece-me também, que a Europa pouco ou nada fez para evitar que o Putin avançasse.

Esta não é uma guerra da Rússica contra a Ucrânia, não, é uma guerra do Putin contra o Mundo, se bem que ele não está sozinho nisto, nunca esteve.

As ameaças que lhe foram feitas tão levianas, parecia que lidávamos com um miúdo “se fizeres isso, ficas de castigo, não te deixo mexer no mealheiro”… parecia, que no fundo, ninguém acreditava que ele fosse capaz de avançar (eu incluída).

Até que foi!

E parte-me o coração, ver tanto sofrimento junto, adolescentes a serem recrutados à força para uma guerra que ninguém quer, pais a separarem-se dos filhos não sabendo se os voltaram a ver, tantos civis mortos injustamente … tudo devido à loucura de um homem.  E acredito piamente que a Rússia, a sua população, vai sofrer com os desvarios deste homem mas espero que percebam e se revoltem contra ele.

É assustador!

Estou preocupada e não consigo antecipar o futuro, esta situação é tão grave e complicada, e para todos os países, pois afirmações de que a Ucrânia é apenas o início não sossegam ninguém vindas de um homem na posse de armas nucleares.

Como li ontem, num dos testemunhos de Ljubomir, com o qual concordo, a GUERRA não é só uma palavra, a guerra tem um impacto brutal para a vida de todos…eu nunca passei por uma e, honestamente, gostaria de não passar, mas também nunca imaginei que acontecesse aqui “à porta”.

À medida que vou escrevendo estas palavras as coisas vão avançando e piorando e, estando nós na era digital, tudo se sabe em tempo real…assustador.

O meu coração segue com todos os ucranianos que precisam de força para aguentar e superar este momento…