Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estou só a dizer coisas ...

um espaço para a reflexão e partilha ...

Estou só a dizer coisas ...

um espaço para a reflexão e partilha ...

mas chegar atrasado é moda?

Tri, 08.06.21

E ninguém me avisou.

Não quero apontar o dedo a ninguém nem tornar isto numa questão regional, mas, todas as minhas reuniões no Sul (é que seja com quem for) começam tarde, ou tenho muito azar, ou é hábito.

(eu sei que isto é uma terra de trânsito crónico, mas já todos sabem disso, portanto convém sair mais cedo!)

De uma forma geral, cada vez mais noto uma tendência crónica de todas as pessoas para não chegarem a horas…pensei que os confinamentos e reuniões à distância de um clique tivessem melhorado isto (até porque se só precisamos fazer um clique para começar, bem que podemos chegar à hora marcada) mas parece que não.

clock.jpg

 

Sinto muito mais isso em questões de trabalho, mas admito que é transversal há minha vida pessoal, de tal forma que já deixei de me preocupar “será que aconteceu alguma coisa?”, “ será que está tudo bem? é melhor ligar…” Não! Está só atrasado.

Isto é algo que me encanita porque eu gosto de cumprir com o combinado, e salvo raras exceções, gosto inclusive de chegar um pouco antes da hora para garantir que estou disponível à hora marcada. Ainda sou da velha máxima “antes esperar eu, que ter os outros a esperar por mim”.

Mas o problema é que devo ser só eu e então apanho secas de toda gente. (não sou só eu, pois não?)

 

E aquela malta que já assume isso como uma característica muito própria e me responde “não é defeito, é feitio”, quer dizer que nem te aconteceu nada no caminho para chegares atrasado, não, simplesmente assumiste que eu podia esperar porque não tenho mais nada que fazer?!!

E isto incomoda-me porque me dá a sensação que o meu tempo não é valorizado, a outra pessoa pode atrasar-se porque estava ocupada, porque tinha coisas para fazer, porque estava a meio de algo…e eu? Parece que ela é mais importante e se pode atrasar, mas que eu não tenho mais nada que fazer e então que posso esperar por ela…

Basicamente, sou penalizada por chegar a horas.

 

Genuinamente creio que isto começa de pequenos, se os nossos pais nos fazem ver que um pequeno atraso é tolerável, a nossa perceção sobre o atraso muda.

Erro crasso. Qualquer atraso, por mais pequeno seja, é sempre um atraso.

Já para não falar no pressuposto, que geram nas nossas cabeças, de que os outros estão ao nosso dispor e, por isso, podem esperar.

O que aprendi como base na minha educação é de que nunca se deve chegar atrasado, seja a que compromisso for, pois denota falta de consideração pelo outro.

 

Mas digam-me lá, sou só eu com estas “esquisitices” ou é mesmo mal geral?

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.